Notícias


Dirigente do Sicredi é eleito presidente do Fundo Garantidor das Cooperativas de Crédito

   23/04/2019
Fonte: Assessoria   

João Spenthof, presidente da Central Sicredi Centro Norte, terá mandato até 2022.

Os dirigentes das principais instituições do cooperativismo de crédito brasileiro estiveram reunidos em Brasília no dia 17 de abril para a realização da Assembleia Geral do Fundo Garantidor das Cooperativas de Crédito (FGCoop). Além da apresentação das demonstrações financeiras, a reunião definiu os nomes que irão compor os conselhos de administração do FGCoop até 2022. Durante o encontro, também foi realizada a plenária do Conselho Consultivo Nacional do Ramo Crédito (Ceco), da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), na qual foi feito um balanço dos 10 anos da Lei Complementar 130, importante marco para o desenvolvimento do cooperativismo de crédito no Brasil.

Com exercício até o ano de 2022, João Spenthof foi eleito presidente do Conselho de Administração do FGCoop por unanimidade – Francisco Silvio Reposse Junior (Sicoob) será o vice. Também ficaram definidos os conselheiros titulares de administração da entidade: Celso Ramos Regis (OCB/MS, representando as cooperativas de crédito não filiadas a centrais); Álvaro Jabur (Uniprime, representando as cooperativas de crédito de dois níveis); e José Maria de Azevedo (Unicred). E, ainda, foram escolhidos os conselheiros suplentes: Luis Alberto Pereira (OCB/GO), Leonel Pedro Cerutti (Cecrers), Cledir Assisio Magri (Cresol), Mário Augusto Moura Flores (Unicred), Márcio Port (Sicredi) e José Alves Sena (Sicoob). Outra pauta do dia foi a prorrogação do mandato dos conselheiros fiscais até 2020.

“Recebo com muita honra e responsabilidade essa atribuição de assumir a presidência do Conselho de Administração do FGCoop. O Fundo tem a função de proteger os depósitos dos integrantes das cooperativas de crédito e equipara nossa segurança com as dos bancos tradicionais, gerando confiança e promovendo a continuidade do crescimento sustentável do Sistema Nacional de Cooperativas de Crédito (SNCC)”, destacou Spenthof.

Após a assembleia do FGCoop, a reunião teve sequência com a realização da Plenária do Ceco, aberta pelo anfitrião do encontro Marcio Lopes de Freitas, presidente da OCB. O dirigente abriu seu discurso destacando o êxito do trabalho realizado por Bento Venturim na gestão 2016/2019 do FGCoop e saudando o retorno, em 2018, de Manfred Alfonso Dasenbrock, presidente da SicrediPar, à coordenação do Ceco. “O trabalho de Venturim aliou competência com a essência do cooperativismo, que é de fazer as pessoas felizes lá na ponta. A volta de Dasenbrock à coordenação do Ceco retoma um ciclo de 10 anos atrás, quando trabalhamos pela Lei Complementar 130”, ressaltou.

Ainda durante a plenária, Dasenbrock expôs o trabalho de criação de uma agenda prioritária realizado pelo grupo, com destaque para temas como o relacionamento das cooperativas de crédito com fundos constitucionais e elaboração do Documento de Diretrizes Estratégicas do Sistema Nacional de Cooperativas de Crédito. Também foram apontados alguns dos temas da pauta de 2019 do Ceco, entre eles o aprimoramento da LC 130. “Nos últimos 10 anos, vivemos um avanço muito grande do cooperativismo de crédito e muito disso se deve à conquista da criação da LC 130. Essa trajetória só foi possível pela união de esforços do SNCC e pela relação de parceria e proximidade do segmento com o Banco Central do Brasil”, contextualizou, complementando com a consideração que o Brasil tem hoje um dos melhores ambientes regulatórios para o segmento em âmbito mundial.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.700 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.