Notícias


Biblioteca de Juína apoiada pelo Sicredi é destaque na abertura do 11º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas em São Paulo.

   05/08/2019
Fonte: Assessoria   

O programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Cultura está entre os 15 melhores da América Latina.

 

11º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias “Biblioteca Viva”, foi realizado pelo Governo do Estado de São Paulo entre os dias 5 e 7 de agosto, no Centro de Convenções Rebouças, o projeto de Juína foi um dos destaques na abertura do evento como um belo exemplo de sucesso.

 

Participaram da cerimônia de abertura o Prefeito Altir Antônio Peruzzo, o Secretário-Adjunto de Cultura Adriano Souza e Sergio Sanzovo da Cooperativa Sicredi empresa apoiadora dos projetos da biblioteca em 2019.

 

O evento recebeu mais de 180 cidades, 17 estados e vários países alguns trazendo modelos de bibliotecas que estão sendo sucessos e outros vieram para encontrar modelos exemplos.

 

Juína participou com um exemplo de sucesso da Biblioteca Municipal de Juína Professora Maria Santana que se tornou ponto de encontro da comunidade local através das transformações promovidas pelo Programa Arte, Leitura e Cultura, uma bela mistura.

 

O secretário-adjunto de Cultura, Adriano Souza falou por alguns minutos e para aproveitar o tempo apresentou um vídeo documentário dos trabalhos desenvolvidos em Juína, com depoimentos de várias pessoas engajadas no programa, em seguida conversou e tirou fotos com várias pessoas e autoridades que ficaram encantadas as iniciativas de Juína.

 

Nas redes sociais Adriano expressou a alegria em estar em São Paulo na companhia de pessoas que sonham o mesmo sonho agradeceu os apoiadores, sua equipe na cultura e a população de Juína.

 

Sergio Sanzovo representante Sicredi disse que Juína está de parabéns por dar atenção aos projetos culturais, projetos como o da biblioteca municipal de Juína, que mudam a vida das pessoas e a realidade da comunidade, vão ao encontro do propósito do Sicredi, que valoriza o relacionamento com as pessoas e trabalha para promover a melhoria na vida dos seus associados e das localidades onde está presente finaliza.

 

 

Sobre o programa de Bibliotecas de Juína.

Adriano Souza assumiu o cargo em 2017 promoveu uma verdadeira revolução na rotina da biblioteca municipal Professora Maria Santana. O espaço que estava prestes a ser fechado devido à falta de manutenção e estrutura inadequada foi transformado após uma série de providências que ele e sua equipe tomaram para tornar o espaço um ponto de encontro de crianças, adolescentes e adultos.

 

Entre as medidas tomadas pela Secretaria de Cultura que beneficiaram diretamente a biblioteca estava a busca por apoiadores. A adesão ao Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI), do Tribunal de Contas do Estado (TCE) foi um passo importante, que levou à adoção de metas, que passaram a ser cumpridas. Também foi feita uma parceria com o projeto Conecta Biblioteca, do Rio de Janeiro, e implantado o Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, que garantiu ao município um orçamento em lei, sendo a 2ª cidade do país nessa condição.

 

A biblioteca tem sala de leituras, sala infantil, de informática, de estudos e outros projetos estão em estudo para melhorar ainda mais a estrutura e o serviço oferecido à comunidade. Atualmente, a biblioteca abre de domingo a domingo, e nos fins de semana sempre tem uma programação especial, que atrai toda a comunidade. Juína tem cerca de 40 mil habitantes e com opções de lazer limitadas, a biblioteca passou a ser um espaço frequentado por muitas famílias. Prova disso é que ao fim de 2016 a biblioteca registrava um fluxo de 700 pessoas e em 2017 passou para 4,7 mil, um salto de 570% no período de seis meses.

 

“Podemos dizer que pegamos uma biblioteca do zero e a transformamos num espaço para uso de toda a comunidade, motivados pelo fomento à leitura. Abrimos o espaço para movimentos sociais, para encontros e eventos. Passamos a participar de atividades na cidade, com a montagem de tendas para uma biblioteca itinerante. Quem imaginaria uma biblioteca montada em pleno carnaval?”, brinca Souza ao dizer que toda a organização promovida nos últimos anos fortaleceu a biblioteca.

 

As mudanças promovidas na biblioteca que deram a ela funcionalidade e atratividade. Renderam reconhecimentos. A biblioteca conquistou o 2º lugar em concurso nacional que premia as 10 bibliotecas públicas brasileiras que mais contribuem com o avanço dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas) e com a transformação social de suas comunidades.

 

 

 

 

Sobre a cooperativa

 

A Sicredi Univales MT/RO tem 26 anos de atuação. Possui 53 mil associados e mantém 22 agências em 21 municípios de Mato Grosso e Rondônia. Possui agências em Brasnorte MT, Castanheira MT, Cotriguaçu MT, Juína MT, Juara MT, Novo Horizonte do Norte MT, Aripuanã MT, Juruena MT, Nova Bandeirantes MT, Colniza MT, Tabaporã MT, Apiacás MT, Vilhena RO, Nova Monte Verde MT, Porto dos Gaúchos MT, Colorado do Oeste RO, Rolim de Moura RO, Cacoal RO, Alta Floresta D”Oeste RO, Juína Módulo 05 MT, São Miguel do Guaporé RO e Ouro Preto do Oeste RO.

 

Sobre o Sicredi

 

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.  

 

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 

O Sicredi Centro Norte, composto pelos estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, tem aproximadamente de 422 mil associados, com 169 agências em 140 municípios.