Notícias


Aplicações financeiras; Fundos de Investimento são alternativa para quem busca diversificação e rentabilidade maior

Num cenário de baixa taxa de juros baixa, investimento feito de forma coletiva é buscado por pessoas de perfil mais arrojado e com maior apetite de risco. Os mais comuns são os Fundos de Renda Fixa, Multimercado e Ações,
   27/12/2019
Fonte: Assessoria   

Fim de ano chega e com ele o recebimento do 13º salário pelos trabalhadores. Em geral, esses recursos são destinados às compras de presentes, da ceia de Natal, viagens, entre outros gastos típicos. Há também quem faça uma reserva para começar o ano no azul. Mas, que tal separar uma parte desse bolo para investir?  Quando o assunto é investimento, as opções disponíveis no mercado são bem variadas e atendem a todos os perfis. Desde as pessoas mais conservadoras até aquelas com apetite maior por risco, há um leque de opções a escolher, conforme seus objetivos.

Na lista de produtos estão os fundos de investimento. Essa modalidade de aplicação faz parte do portfólio de investimentos do Sicredi e os mais comuns são Fundos de Renda Fixa, Fundos Multimercado e Fundos de Ações, além de outros produtos como Renda Fixa, Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) e Previdência Privada, também disponíveis na instituição financeira cooperativa. Os fundos de investimentos são produtos que reúnem recursos de um conjunto de investidores e que geram rentabilidade através da negociação de títulos do mercado financeiro.

Os Fundos de investimento são alternativas para quem quer diversificar as aplicações, já que nesse formato de investimento coletivo é possível aplicar em diferentes tipos de produtos financeiros, com diferentes graus de rentabilidade e risco, sem precisar de grandes aportes iniciais. “Afinal, é diferente você investir R$ 500 sozinho de investir R$ 500 num grupo em que cada pessoa investe os mesmos R$ 500”, exemplifica a gerente de Investimentos do Sicredi, Rafaela Debiasi.

A escolha entre um ou outro produto de investimento vai depender do perfil do investidor, numa escala que parte do conservador, passa pelo moderado e chega ao arrojado. Rafaela afirma que uma importante vantagem de se investir em fundos de investimento está o fato de contar com a figura do administrador do fundo, um ou mais especialistas que vão avaliar quais ativos comprar ou vender para que o fundo atinja o objetivo. “Por esse e outros motivos, o fundo de investimento traz comodidade ao investidor, porque vai ter alguém para acompanhar o mercado em busca de rentabilidade”.

Nesse sentido, o Sicredi conta com uma Gestora de Recursos própria e apresenta excelentes números no mercado financeiro. Com aproximadamente 40 fundos e carteiras, que atendem a diferentes perfis de investidores, ela possui mais de R$ 30 bilhões sob sua gestão. Os recursos geridos são de associados, investidores institucionais e da liquidez do Sistema. O montante administrado faz com que a Gestora esteja entre os 20 maiores gestores do Brasil. Sob a ótica de produtos de renda fixa, foco da gestora, ocupa a 12ª posição no ranking nacional. Vale lembrar que o Sicredi também é destaque no Top 5 de 2018 do Banco Central, com as projeções econômicas mensais mais consistentes ao longo do último ano. O Sicredi integrou a lista dos cinco primeiros em expectativa de inflação nas categorias “IGP-M (Atacado) – em Curto Prazo” (3ª posição) e Médio Prazo (5º lugar) e nas projeções da “Taxa de Juros Selic” (5ª colocação). 

Além de bons números no mercado financeiro, a Gestora também possui um selo de qualidade. A Fitch Ratings, agência classificadora com padrões internacionais, emitiu rating com a classificação Proficiente em gestão de recursos, o que ratifica a qualidade dos processos de investimento na busca para entrega de bons produtos aos associados. “Além do mais, o Sicredi oferece um atendimento próximo, em que o associado pode conversar quando quiser com seu gerente de investimentos. Para quem busca facilidade, é possível realizar aplicações, resgates e consultas direto nos nossos canais digitais, no aplicativo Sicredi e no internet banking”, comenta a gerente de Negócios Pessoa Física da Central Sicredi Centro Norte, Juliana Rodrigues.

Sobre os fundos de investimento, o de Renda Fixa ​é indicado para quem tem um perfil mais conservador. O associado pode investir valores a partir de R$ 100. Esse produto é formado por no mínimo 80% de ativos de fundos de renda fixa, podendo ser pré ou pós-fixados. Esses fundos são divididos em de curto e longo prazo. No primeiro, a carteira é formada por títulos de prazo médio inferior a 60 dias; e no segundo, a carteira é composta por títulos de prazo médio superior a 365 dias.

Os Fundos Multimercado, como o próprio nome diz, investe em diversos mercados (ações, renda fixa, renda variável, crédito privado, câmbio, debêntures, e outros), sendo a escolha de quem busca ganhos superiores através da diversificação da carteira de investimentos. Quem investe nessa categoria tem perfil de moderado a arrojado. Os fundos de investimentos em Ações são aqueles que direcionam no mínimo 67% de sua carte para ações da bolsa ou cotas de outros fundos de ações. É acessado por pessoas com perfil de risco arrojado e busca ganhos elevados, e que têm consciência da volatilidade. O Sicredi trabalha com fundos de ações Ibovespa e Petrobras, sendo que no primeiro é possível investir a partir de R$ 500 e no segundo a partir de R$ 200.

“A escolha entre um ou outro produto de investimento vai depender da estratégia de alguns fundos e dos objetivos do associado, porque alguns não são indicados para quem tem objetivos de curto prazo, ou vice-versa. É importante saber que a orientação será feita sempre respeitando o interesse do investidor”, acrescenta Rafaela.

Para auxiliar os associados a entenderem melhor sobre investimentos, o Sicredi disponibiliza o hotsite www.investindojuntos.com.br. Lá é possível conhecer o seu perfil de investidor, fazer simulações e conhecer mais sobre o Sicredi e o cooperativismo de crédito. Quem prefere contato pessoal pode procurar uma agência. Com presença nacional e atuação local, o Sicredi tem mais de 1.800 agências espalhadas pelo Brasil e mais de 4 milhões de associados. É uma instituição financeira cooperativa sólida e confiável, com mais de R$ 99,2 bilhões em ativos e a distribuição de R$ 2,7 bilhões em resultados no último ano.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.800 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

O Sicredi Centro Norte, composto pelos estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, tem aproximadamente de 457 mil associados, com 176 agências em 140 municípios.